Ana Luisa MKT e conteúdo
ESG Flow

Para muita gente parece novidade, mas a sigla ESG apareceu na publicação “Who Cares Wins?” da ONU em 2004. Ou seja, já são quase 20 anos e finalmente chegamos ao ponto em que o movimento ESG vive um efeito cascata, com todo potencial de ser um ciclo virtuoso capaz de transformar o mundo.

O que seria isso? Que práticas as empresas já estão adotando? Deixar essa tendência passar pode ser arriscado para o seu negócio? A seguir, vamos falar um pouco mais sobre o assunto!

Uma novidade que não é novidade

Como falamos acima, o ESG não surgiu há pouco tempo. O Banco Mundial, instituições financeiras de vários países e o Pacto Global da ONU se reuniram para discutir essa tendência em 2004.

Quase 20 anos já se passaram e cuidar das questões ESG (Environmental, Social and Governance) é cada vez mais relevante. Afinal de contas, durante todo esse tempo os problemas também aumentaram. A falta de compromisso com a preservação do meio ambiente é um dos fatos mais preocupantes, o que confirma a importância de pessoas e empresas tomarem novas medidas o quanto antes.

Ainda há muito a ser feito, mesmo que as movimentações já tenham começado. Na prática, o ESG é uma novidade que não é exatamente uma novidade. Isso representa um alerta problemático? Sim, porque também significa que muita coisa já poderia ter sido feita para melhorar a situação do planeta e da sociedade, ao mesmo tempo em que nos deparamos com a grande oportunidade de fazer agora. Enfim, mais do que nunca temos que enxergar essa urgência.

Como o mercado se movimenta em efeito cascata

O engajamento social e ambiental já vinha despertando a atenção dos consumidores, mas a pandemia também acabou contribuindo com o aumento da importância de se comprometer com causas sociais, ambientais e, claro, de saúde e bem-estar.

A pressão dos consumidores por marcas comprometidas com o ESG e a concorrência natural do mercado são duas forças que devem potencializar a corrida pela responsabilidade socioambiental. As empresas precisam se destacar e atender aos desejos dos seus clientes, certo? Boa parte do sucesso dos negócios depende de estabelecer uma boa relação com o seu público e compartilhar valores é um dos caminhos para isso. Mas é claro que não adianta apenas se posicionar e não agir.

O objetivo deve ser criar uma comunidade de pessoas e negócios engajados com a “causa ESG”, que priorizam as relações entre si mesmos. Como assim? Estamos falando de incluir nas suas estratégias a intenção de integrar a sustentabilidade e construir relacionamentos com stakeholders que façam o mesmo, formando um ecossistema.

A missão de transformar o mundo será facilitada à medida que mais e mais empresas se movimentarem nesse sentido, criando laços com quem compartilha dos mesmos propósitos. Por sua vez, ter um público cada vez mais consciente e seletivo também vai ajudar no efeito cascata — que funciona como uma reação em cadeia ou como chamamos de um ciclo virtuoso ao invés de vicioso.

E você, o que pode fazer?

Assistir tudo isso acontecendo é bom, mas melhor ainda é participar da transformação para uma economia mais sustentável. Na verdade, cada vez mais isso é algo que tem deixado de ser visto como um diferencial para ser uma necessidade.

Como cidadãos, precisamos repensar nossas atitudes diariamente e pensar mais no coletivo. Já as empresas devem criar um planejamento estratégico voltado para o ESG, aproveitando a oportunidade de gerar impacto positivo e se destacar no mercado antes que seja tarde demais. 

Sabia que nós, da Abundance, podemos te ajudar em todo esse processo? O Abundance Token é uma solução prática e acessível para evoluir o seu ESG, podendo tornar o seu negócio uma referência de sustentabilidade, abundância e sucesso.

Visite o nosso site para saber mais detalhes ou, se preferir, mande uma mensagem pelo WhatsApp que retornaremos em breve. Seja parte do movimento ESG e faça a diferença!

Ajude a salvar o mundo com a Abundance Brasil!

Cadastre-se para a Pré-Venda do Abundance Token Saiba maisCompre agora